Números das Viagens Corporativas de 2016 são apresentados no Lacte 12

Por Andréa Nakane

A queda de 8,7% nas receitas do mercado brasileiro relativo a viagens corporativas no ano de 2016, já era esperada e foi anunciada, no segundo dia do Lacte 12, que está ocorrendo no Grand Hyatt São Paulo e termina no próximo dia 24 de março.
O número faz parte do estudo intitulado como Indicador de Viagens Corporativas (IVC) que possibilita avaliar o desempenho, o comportamento e as perspectivas do mercado brasileiro neste setor.
A pesquisa tem como metodologia a soma dos valores das receitas das empresas que compõem as Atividades Características do Turismo – ACTs, ajustadas pelos coeficientes calculados pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA). São oito tópicos avaliados: alojamento; alimentação; agências de viagem; transporte aéreo; transporte terrestre; transporte aquaviário; aluguel de transporte; e cultura e lazer.
O tradicional nome também foi alterado de IEVC para IVC, conforme às recomendações da World Tourism Organization (UNTWO), agência especializada do setor da Organização das Nações Unidas (ONU) que inspirou as alterações estruturais das coletas de dados.
Segundo o estudo, as receitas mesmo com a queda chegaram a totalizar R$ 78,1 bilhões em comparação aos R$ 85,5 bilhões de 2015, números que são bastante similares ao índices de 2011.

Dos 150 profissionais da indústria entrevistados, 32% registraram aumento em suas receitas, fator gerado principalmente pelo aumento do número de clientes (69% dos casos), do valor médio no número de transações (31%), do lançamento de novos produtos e serviços (25%) e do aumento do número de transações com os clientes (19%). Por outro lado, 42% registraram redução no volume de suas receitas, fator estimulado principalmente pela redução do número de clientes (48%) e redução no número de transações com eles (48%).

A pesquisa ainda salientou que os gastos com viagens corporativas aumentou 35% para os entrevistados, o que se explica devido ao aumento no número de viagens para mapeamento e identificação de novos ou potenciais clientes (46% dos casos) e aumento do gasto médio por viagem (42%).
Em 2016 também foi registrada uma queda na participação das receitas do transporte aéreo. Dos 109,5 milhões de passageiros transportados em voos domésticos e internacionais em 2016, cerca de 60% tinham como motivo principal a realização de negócios.

O IVC 2016 é promovido pela Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (Alagev) e foi coordenado pela GFK, especializada em pesquisa de mercado, em parceria com o consultor Mauricio Emboaba Moreira.

Engajamento no trabalho é o compromisso emocional que o colaborador tem com a organização e seus objetivos.”

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>